Personalize sua Coca-Cola!

Desça do salto! Dicas para mimar suas convidadas

Que mulher consegue manter a disposição com dor nos pés? Se você é das minhas, sabe que dar adeus ao salto alto é um alívio e tanto, além de um belo incentivo para curtir a pista de dança.

É exatamente por isso que distribuir rasteirinhas em casamentos virou um hábito. Se por um lado a prática já não é tão surpreendente quanto antigamente, por outro trata-se de uma gentileza e tanto!

Desde o início planejei contar com esse mimo, mas demorei para encontrar um fornecedor que oferecesse o produto que eu queria. Não gosto da ideia de ver as pessoas de chinelo no meu casamento. Um ambiente cuidadosamente decorado pede algo mais elaborado, certo?

Exatamente por isso dei pulinhos de alegria quando descobri o perfil da Paola Bartole no Instagram.

Entre os produtos desenvolvidos pela Paola, que incluem peças fashion para o dia a dia, encontrei a linha festa, composta por nécessaires, clutches e minhas tão desejadas flats.

A Paola Bartole está no mercado há 5 anos e tem fabricação própria. O fato de estar antenada nas tendências faz muita diferença, pois a marca transborda estilo e dá a possibilidade de criar junto com a noiva. Outro diferencial é a palmilha em gel costurada, que assegura conforto e durabilidade para as rasteirinhas mais lindas que pude encontrar!

Fiz meu pedido e aproveitei para solicitar algumas dicas que você pode usar para definir numeração e quantidade.

-Como definir quantidade

Homens não sofrem com salto alto ufa!, o que significa que você deve trabalhar com metade da lista. A dica é: adicione mais 10% para garantir que ninguém fique sem.

-Numeração

É delicado perguntar a numeração das mães, avós e madrinhas, além de sugerir que a assessora separe os pares delas.

No caso das outras convidadas, não se desespere você não precisará questionar uma a uma. O cálculo tem como base os números mais comuns, e fica mais ou menos assim:

10% pares 34
30% pares 35/36
50% pares 37/38
10% pares 39/40

-Como distribuir

Prefira começar a distribuição quando a pista estiver cheia, mas não espere que as mulheres cansem em cima do salto.

Há várias alternativas para entregar as flats e qualquer uma delas vai gerar um pequeno tumulto, basta escolher sua predileta.

1 – Há o famoso “vale”, distribuído na chegada dos convidados. Quando a pista abre, as pessoas trocam o vale pela rasteirinha. Evite fazer a distribuição no toalete, onde o tumulto pode atrapalhar o acesso de quem precisa usá-lo. Essa opção não é minha favorita, porque o tal vale deixa o mimo com carinha de brinde, não acham?

2 – Você pode colocar as rasteirinhas em cestos, caixas ou mesmo em um móvel pertinho da pista, basta garantir que suas convidadas tenham bom senso e peguem apenas um par, rs.

3 – A forma mais comum de distribuição é na pista de dança, com a ajuda da assessora. A pobrezinha vai sofrer um pouquinho com o desespero da mulherada, mas o resultado final é bem legal.

-Dicas extras

Quando as flats são todas iguais, como diferenciar cada numeração disponível? Há várias sugestões. Você pode prender os pares com cores de fita diferentes, sendo que cada cor corresponda a um tamanho. Outra ideia é usar saquinhos de organza com tags, que ficam uma graça!

Personalizar ou não as rasteirinhas fica a critério dos noivos. Cores sutis e delicadas são sempre mais elegantes. Esqueça caricaturas e estampas extravagantes pelo amor de deus!. Ninguém quer andar por aí com peças que tenham seu nome estampado e a ideia é que as convidadas usem as flats além do casamento.

Ufa! Quantas dicas, hein?! Agora ficou fácil definir seu pedido. E para facilitar ainda mais, a Paola Bertole tem um super desconto para noivinhas que acompanham o Eu Te Amo Hoje: as 10 primeiras que entrarem em contato terão desconto de 15%!

Para entrar em contato é só clicar aqui. Aproveitem! 😉

Acesse o Noiva Ansiosa e encontre muito mais sobre casamento.

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.