A Difícil Tarefa de Comprar uma Camisa Florida Tamanho GG

Quando chega o calor, a camisa florida reaparece para colorir a moda e nesse verão não foi diferente. A pedida da vez são camisas em viscose estampadas com todo tipo de flor. Preta, azul, branca ou vermelha, a camisa florida invadiu todas as redes de roupas com seções masculinas.

Mas esse post não é apenas para escrever sobre a moda da estação e sim sobre a dificuldade de uma pessoa que veste GG encontrar uma roupa que sirva, mesmo que a peça esteja em todas as vitrines.

Para iniciar esse assunto, segundo a norma nacional, camisas masculinas com etiqueta GG deveriam seguir os números 48 e 50, ou seja, se adaptar entre 116 a 120 cm de tórax, 16 a 16,5 cm de ombro [não confundir com ombro a ombro] e 112 a 116 cm de cintura. Para entender melhor, a tabelinha abaixo traz os tamanhos de roupas regularizados pela ABNT.

Infelizmente não é o que acontece na prática. Tirei o final de semana para ir ao Shopping Anália Franco, que tem uma ótima seleção de lojas, em busca de uma camisa florida para curtir a estação.

Para começar, uso GG desde os 13 anos. Tirei as medidas básicas e 16,2 de ombro, 119 de tórax e 101 de cintura [ou barriga :p], me encaixam como um usuário do padrão GG da ABNT.

Minha primeira parada foi na Luigi Bertolli, onde não haviam opções em viscose, mas duas opções floridas, uma de manga curta e outra com a manga longa, que me passaram a sensação de estar florido com mais discrição.

Como um bom começo, a camisa fechou. Mas um detalhe importante na escolha de camisas com botões é o teste do sentar. Não existe sensação pior do que sentar e se sentir o Hulk detonando os botões e mostrando o peito e a barriga entre espaços que não deveriam exibir pele. (tudo bem, usar camisa com regata por baixo é uma opção super válida, mas não é o que procuro quando penso em camisa para o verão)

A segunda camisa de manga comprida fechou no aperto, como pode-se ver na imagem, com os intervalos entre botões sendo pressionados.

Nada feito na Luigi, bora pra Cotton On.

Gosto muito da marca australiana e sempre visito suas lojas, mas padrão de tamanho nunca foi algo que encontrei nas lojas.

Dá pra ver por essa camisa florida que encontrei por lá, que fechou tranquilamente na barriga mas que me apertou demais no peito.

A minha terceira parada foi na Levi’s, e mesmo que a camisa em questão traga palmeiras e praias ao invés de flores, chamou minha atenção na vitrine por sua estampa.

A camisa vestiu e fechou, mas além de curta, passa a sensação que um espirro vai fazê-la jogar botões pra todo lado.

Na Riachuelo (ou seria RCHLO?) encontrei duas camisas estampadas da Pool, marca vendida pela rede.

A primeira camisa ficou extremamente folgada, ao ponto de poder comprar e ficar tranquilo em engordar mais uns 10 quilos e não perder a compra. Além disso, uma coisa me chamou a atenção negativamente: a parte onde estão as “casas” dos botões trazia uma camada de uma espécie de plástico impermeável, algo péssimo.

Já na segunda, os botões da barriga fecharam tranquilamente enquanto o do peito ficou extremamente apertado, gerando tensão entre os intervalos e também não passou no teste sentado. 🙁

Entrei na Forever 21 para acompanhar a Flávia e vi que a loja conta com uma seção masculina reduzida, onde encontrei uma camisa branca com flores. Como curiosidade, resolvi experimentá-la e tive uma certeza: quem define o GG das roupas da loja deve estar bêbado.

Nem consegui fechar a camisa…

Na Renner encontrei mais de 5 modelos floridos e escolhi 2 para experimentar. Ambos traziam a etiqueta de Slim Fit e fiquei surpreso quando os dois vestiram bem.

Ponto para a Renner – que acaba de lançar a loja Ushuaia para tamanhos femininos maiores.

Na Hering, uma estampa linda com o botão melhor trabalhado de toda essa série, em madeira, com a marca assinada. Mas infelizmente o GG da marca é uma piada de mau gosto… disse para a vendedora que havia ficado pequena e ela disse que a marca também comercializa o GGG, mas ao procurar no estoque não encontrou.

Falando sobre GGG, que deveria seguir pelo caminho de mais de 120 cm tórax, minha próxima parada foi na Zara. Costumo brincar que a loja é um pesadelo para os GG, já que suas medidas são bem menores que as outras confecções, mas achei justo conferir para esse texto.

Encontrei uma camisa linda estampada em viscose, mas infelizmente o tamanho máximo na arara era G. No entanto, uma camisa azul com estampa de florzinhas minimalistas me chamou a atenção, peguei a GG e fui para o provador. A camisa apertou nos braços e fechou apenas com muita tensão.

Ao sair do provador, vi que uma versão dessa mesma camisa azul em GGG e a florida GG haviam sido deixadas por alguém que provou e não curtiu. Nova ida ao provador, a camisa azul GGG também se mostrou apertada. Por sinal, pouca coisa diverge do modelo que experimentei antes, talvez mais na região dos ombros e braços… no entanto, a camisa GG florida ficou maior do que eu esperava. O que é bem estranho, já que estava na mesma loja e esses tamanhos deveriam seguir algum padrão.

Para fechar a busca, passei na YouCom e experimentei um de seus modelos, acho que uma das estampas mais simples desse dia, já que as flores seguiam um padrão linear que deixa a camisa meio “quadrada”. No entanto, nem precisei pensar em como dizer não a vendedora simpática já que o tecido tensionou totalmente e não serviu.

No fim das contas, levei um modelo da Renner [119,00] e por muito pouco não comprei também o da ZARA [199,00].

Comente

tags:

©2012-2018 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.