Personalize sua Coca-Cola!

Gabriela, um Musical – Uma deliciosa homenagem a Jorge Amado

José Saramago, escritor português e único ganhador do Nobel de Literatura na nossa língua, repetia que o primeiro Nobel em português deveria ter sido do baiano Jorge Amado. A obra do brasileiro é repleta de sucessos como Tieta do Agreste, Dona Flor e seus Dois Maridos, Tocaia Grande e, talvez seu trabalho mais conhecido, Gabriela Cravo e Canela.

Não que muitos tenham lido o livro mas, com certeza, conhecem a história da sertaneja que rouba o coração do árabe Nacib, graças as novelas [foram três adaptações] e ao filme com Sônia Braga no papel de Gabriela. E agora o musical.

gabriela-um-musical-de-joao-falcao

O espetáculo dirigido por João Falcão é ótimo. Com ótimos atores, como a estreante Daniela Blois que assume o papel-título, o excelente Daniel Dal Ferra, que conquista a todos com o seu Nacib, e Juliana Linhares, que dá vida a fogosa Glória, que vive em sua janela, usa a simplicidade na cenografia para deslumbrar com luzes, cores e três esteiras que criam efeitos incríveis no palco. O resultado são cenas épicas, como a aparição de Gabriela como retirante.

E essa simplicidade na cenografia encanta. O bar Vesúvio é muito bem ambientado com algumas cadeiras e mesas, varais de roupa estendida fazem às vezes de quintais e alguns pedaços de grade viram navios transatlânticos. É o teatro em sua essência livre de amarras.

Mas o que seria do musical sem as músicas? Com uma seleção de muita gente boa da MPB, a música deixa tudo fluir muito melhor. Preciso dizer que a seleção me encantou logo no primeiro ato, com Chover do Cordel do Fogo Encantado. Logo depois das luzes se apagarem, ouvir os versos de Lirinha cantados de uma forma tão representativa, me deixou todo arrepiado.

Juliana Linhares como Gloria - Gabriela, um Musical

O roteiro segue com Gonzaguinha, Arnaldo Antunes, Chico Buarque, Caetano Veloso, Tom Jobim, Skank, Martinho da Vila… tudo muito bem colocado, conforme a história pede. A cena em que é cantada A Maçã de Raul Seixas é impagável.

Gabriela, um Musical é uma grande homenagem à obra de Jorge Amado, com soluções criativas e boa adaptação do romance, cativa o público com muita brasilidade.

SERVIÇO

Gabriela, um Musical
Teatro Cetip
Rua Coropés, 88 – Pinheiros – São Paulo, SP

Quintas e sextas. às 21h00 | Sábados, às 17h00 e 21h00 | Domingos, às 18h00
Comprar ingresso

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.