Personalize sua Coca-Cola!

Os gatos que tanto amamos

O gato não pede amor. Nem depende dele. Mas, quando o sente, é capaz de amar muito. É um italiano educado na Inglaterra: sente como um italiano, mas se comporta como um lorde inglês”. (Artur da Távola)

Não há limite para a fofura, especialmente quando o foco da atenção é um felino. Se os egípcios os adoravam como deuses, a era contemporânea os adora como verdadeiros modelos. Basta acessar o Instagram para confirmar: os gatos são febre!

Registrar gatinhos brincando, dormindo em lugares inusitados ou simplesmente desfilando sua beleza é a overdose de fofura das redes sociais. Afinal, quem não ama um peludo ronronando?

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.