Personalize sua Coca-Cola!

Seu coração vai voltar a bater

A gente sabe bem que coração não segue regras ou leis. Mas há uma exceção para a da inércia, já que uma vez em movimento, se movendo continuará.

Ele pode estar cansado agora ou ter enrijecido após muitos contratempos ou pode ter se quebrado por causa dos inúmeros tombos e ainda não ter encontrado forças para se levantar. Mas ainda assim, quietinho como está, aguarda ansiosamente a chance de voltar a pulsar e de ver sangue quente correr pelas suas veias.

Mas antes que isso aconteça, é preciso entender que amar e não ser correspondido é muito mais sobre o outro não estar apto a receber do que sobre você não ser capaz de oferecer. Só damos aquilo que temos em nós e justamente por isso, se você quebrou a cara porque deu amor, significa que é por ele que é preenchido. Ele só ficará escondido, enquanto você não tiver coragem de abrir os olhos para o que não quer enxergar e reconhecer que a pessoa que tanto deseja, querendo ou não, chorando ou não, bebendo ou não, em breve não vai ser nada além de passado.

Sair do estado de negação e se for preciso, mergulhar na solidão. Talvez isso não soe como algo coerente, eu sei. Mas fazer dela por um tempo a sua melhor companhia é a melhor forma de entender a diferença entre estar com alguém por todos os motivos errados e pelo único motivo certo e de enxergar que, mesmo da pior maneira possível, rejeições são capazes de lhe mostrar a coisa mais preciosa que você poderia descobrir que tem: valor.

Muitas vezes sofremos por não sermos tratados como achamos que deveríamos ser, por nos sentirmos descartáveis e por não recebermos empatia pela nossa dor, sendo que ao pensarmos dessa forma somos nós mesmos que insistimos nela, cutucando a ferida, na tentativa de esgotar todas as possibilidades de fazer dar certo algo que simplesmente não é possível, já que o que um não quer, dois não podem fazer. Talvez essa insistência no sadomasoquismo seja apenas uma das consequências de viver decepção após decepção.

Cada relacionamento um 7X1 diferente. Grandes vitórias da força de vontade com cara de fracassos da falta de sorte. Derrotas e recomeços que sempre levam à pergunta que não somos capazes de responder sozinhos. Afinal, quantas pessoas precisam passar pela nossa vida, para que tenhamos a certeza de que dessa vez a que iremos encontrar é a que vai ficar de vez e nos proporcionar um lugar onde repousar nosso amor?

E é a falta de perspectiva que leva à morte da esperança, que quando se vai, já deixou partir a coragem, a disposição e a vontade de tentar mais uma vez.

Mas se eu puder te falar algo, é que seu coração vai voltar a bater, tão certo como o sol vai nascer amanhã. Pode não ser tão forte quanto gostaria ou tão quente quanto merecia. Que dure apenas algumas horas ou permaneça desta forma por uma estação inteira.

Talvez ele o faça por alguém assageiro, cujo único papel na sua história será te mostrar que você ainda é capaz de sentir. Se tiver sorte, dessa vez será diferente, quem sabe? Diante de histórias incertas, só o que nos resta é tentar vive-las livres, leves e soltas. Isentas de expectativas, paranoias e sem a obsessão, que por vezes se torna tão grande, que nem ao menos nos deixa enxergar se de fato queremos algo ou alguém na nossa vida, se estamos prontos para ter o que pedimos com tanto afinco ou se trata-se apenas de capricho.

Em todo caso, só o que quero com essas palavras é que você torne a acreditar que é possível viver novamente a sensação de ser amado e voltar a sentir o mesmo por alguém de maneira irracional (apesar de ser redundante adjetivar amor como algo irracional). Elas também são o desejo de que possa amar livremente, sem que a ânsia pelo amanhã estrague o que hoje pode ser genuinamente vivido.

Que elas sejam seu desfibrilador. Que possam te trazer amor. E que você aceite senti-lo.

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.