Abujamra, um provocador que vai deixar saudade

Antônio Abujamra foi diretor, ator, apresentador de TV e principalmente uma das figuras mais memoráveis do panorama artístico brasileiro.

Começou no teatro amador e – após uma temporada de estudos na Europa – estreou sua primeira peça profissional, Raízes de Arnold Wesker. Foi um dos principais nomes da TV Tupi, como diretor e ator.

Grande amante do teatro, dirigiu e atuou em diversas peças e em 1991 esteve à frente da fundação da companhia Os Fodidos Privelegiados, criada para ocupar o Teatro Dulcina no Rio de Janeiro.

Na Globo, participou de Sassaricando, mas ficou famoso por seu papel como Ravengar, de Que Rei Sou Eu? em 1989. Em seu monólogo, guardava sempre uma parte especial para o bruxo e já chegou a dizer que “o Ravengar era para que eu me candidatasse a deputado”.

Antonio Abujamra como o bruxo Ravengar de Que Rei Sou Eu?

Teve passagem pela Bandeirantes e SBT, onde dirigiu a novela Os Ossos do Barão.

Ávido por tratar de assuntos considerados tabus sociais, em suas Provocações, no ar desde 2000 na Tv Cultura, entrevistava todo tipo de pessoa, de intelectuais e famosos a prostitutas, cortadores de cana e garis.

“A ideia de Provocações não era a de fazer um talk-show, mas um anti-talk-show”.

Levava seu monólogo A Voz do Provocador, onde tratava temas insólitos de forma inteligente e mordaz, mostrando que a vida deve ser provocada a todo instante.

Encontrado morto em sua casa no dia 28 de abril de 2015, é uma perda a ser lamentada e desejamos que seu legado seja sempre lembrado.

Separamos alguns vídeos que trazem um pouco da essência desse grande homem.

Abujamra lendo Provocações de Luis Fernando Veríssimo

Provocações com Abujamra provocando Abujamra

 Escolho meus amigos de Oscar Wilde

Provocações com moradores de rua

Provocações com prostitutas

Tudo mudou de Francisco Carvalho

 O valioso tempo dos maduros de Mário de Andrade

Homenagem da TV Cultura aos 80 anos de Abujamra

Comente

tags:

©2012-2018 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.