Hotel Santa Cruz: curtindo o Vale de Colchagua em grande estilo

Duvido muito que Santa Cruz seja a primeira opção de destino para alguém que viaja ao Chile, já que não era a nossa também, mas ainda bem que tivemos a oportunidade de corrigir esse erro antes de fecharmos nosso itinerário pelo país andino.

Conhecemos a cidade por conta de suas vinícolas, que produzem algumas preciosidades chilenas com a uva carmenere, e decidimos colocar Santa Cruz como um de nossos destinos. Muito mais que isso, escolhemos casar em uma de suas vinícolas. E não temos dúvidas que foi uma das coisas mais bacanas da nossa viagem pelo Chile.

Santa Cruz tem tudo o que uma cidadezinha do interior tem: a praça, a igreja, o mercado, a lanchonete e um povo educado que ainda não perdeu o gosto de desejar bom dia para quem cruza pela rua.

Ficamos hospedados no hotel que leva o nome da cidade, o Hotel Santa Cruz, um complexo que reúne restaurante, hotel cinco estrelas, spa, centro de convenções, museu e cassino, na mesma praça central que reúne parte da população santacruzana ao entardecer.

O hotel tem sua decoração inspirada na Espanha, com muitos detalhes rústicos em suas áreas comuns e corredores. Vitrais enfeitam várias de suas janelas, sendo que o do espaço de café da manhã é deslumbrante. Os quartos aliam conforto em ambientes agradáveis com cores alegres e móveis rústicos. Ficamos completamente apaixonados pela suíte em que ficamos, espaçosa, com sala, banheira de hidromassagem e duas cubas na pia.

Por conta da temperatura que se manteve abaixo dos 7º C, não pudemos usufruir da piscina que fica em sua área comum, em meio a palmeiras e área verde, mas aproveitamos a piscina aquecida do spa, vendo o anoitecer pelo seu teto de vidro.

O Museu de Colchagua, que também fica dentro do complexo, é o maior museu privado da América Latina – e segundo maior do mundo – com um acervo que traça a história chilena desde a pré-história. Conta com algumas coleções impressionantes como a de âmbar, de documentos da história chilena e de jóias, que se estendem às civilizações incas e astecas.

Uma ala do especial foi montada e exibe o maior registro histórico do episódio dos 33 mineiros que ficaram presos na mina San Jose, com itens originais da mina inclusive uma das cápsulas desenhadas pela NASA que salvaram os mineiros.

Outro atrativo do hotel é o seu cassino, com entrada privativa para hóspedes e que pode ser acessado também pela rua. Como todos os cassinos do Chile, existe uma taxa de entrada, mas hóspedes podem contar com descontos e até mesmo com vouchers.

Tentamos nossa sorte nas máquinas de caça-níquel, mas infelizmente não fomos muito bem. Ao menos, não perdemos dinheiro no fim das contas. :p

Gostamos tanto de Santa Cruz que aproveitamos para falar do hotel e do museu em um vídeo do canal.

Clique no play para assistir.

Enfim, o vale de Colchagua e o Hotel Santa Cruz são ótimas dicas para se curtir o Chile, seja a dois, em família ou com amigos.

SERVIÇO

Hotel Santa Cruz

Plaza de Armas 286, Santa Cruz, Colchagua , Santa Cruz, Chile.
+56 72 2209.600 – reservas@hscp.cl
Para acessar o site, clique aqui.

Fotos de Kaleb Rodrigues

Comente

tags:

©2012-2017 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.