Carro do Amor 3: Joinville, Estrada Bonita e a pior gioza do mundo

Se tem uma coisa que aprendemos sobre Joinville é estar preparado para qualquer tipo de tempo. Sim, porque é muito comum acordar com um dia nublado, tomar café com um Sol lindo, passear por suas ruas em meio a uma garoa fina, almoçar com o lenço no pescoço, fazer a digestão com uma nova chuva da tarde, apreciar o Sol no céu azul antes dele se por e perder o por do Sol graças as nuvens que fecharam o céu.

Nesse terceiro episódio da #TripCarroDoAmor, deixamos Balneário Camboriú rumo a Joinville, prosseguindo nossa viagem com o Peugeot 2008, aproveitamos os bons preços em toalhas e jogos de cama das estradas de Santa Catarina, conhecemos uma réplica de nau da época do Descobrimento do Brasil e chegamos no hotel mais bacana de Joinville, o Mercure Prinz.

Também aproveitamos a estadia para conhecer a Estrada Bonita, uma estrada realmente bonita onde produtores locais comercializam artigos coloniais, apresentam opções culturais e de lazer como Pesque e Pague e Museus e servem a deliciosa gastronomia dos descendentes de alemães.

Foi lá que aproveitamos para passear de trator, conhecer o Museu Rural e saborear uma autêntica costela feita no fogo de chão.

Para terminar, fechamos o dia em um bom restaurante japonês da cidade – por sua boa qualidade dos sushis e sashimis – que serve a pior – eu disse a pior – gioza [ou guioza] do mundo.

Enfim, Joinville é uma cidade adorável cheia de opções românticas e queremos voltar logo para passear no barco Príncipe e tomar chuva com filtro solar.

Comente

tags:

©2012-2017 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.