Personalize sua Coca-Cola!

10 cantores italianos que amamos (e você precisa conhecer!)

Quando digo que sou fã de música italiana no Brasil é normal me deparar com pessoas citando “strani amori”, “con te partirò”, “nel blu dipinto de blu” e até “dá-me um Cornetto”. Nada mais natural, afinal, Laura Pausini, Andrea Bocelli, Domenico Modugno e a propaganda do Cornetto fizeram grande sucesso no país. Mas a música italiana – principalmente a contemporânea – é muito mais que isso.

Artistas novos e consagrados fazem da cena musical italiana muito interessante. Por isso escolhi algumas músicas dos artistas italianos que mais gosto. Espero que curtam e procurem mais deles, tenho certeza que vocês vão se surpreender.

Ligabue

Este é definitivamente meu cantante favorito: Luciano Ligabue. E a Itália inteira compartilha dessa minha opinião, já que um de seus shows, realizado no aeroporto de Campovolo, teve o maior público pagante para um único show em território europeu: 180 mil pessoas.

Roqueiro, começou sua carreira nos anos 90 e tem uma discografia incrível, que tem músicas como A che Ora è la Fine el Mondo? [tema de Friends], Una Vita da Mediano [homenagem ao jogador interista Gabriele Oriali] e um disco inteiro dedicado à Elvis Presley: Buon Compleanno Elvis. Por falar nos álbuns é incrível o carinho com que cada trabalho apresenta seus temas, fazendo com que seja delicioso ouvir faixa a faixa. E confesso que fiquei mais de ano ouvindo Arrivederci, Mostro! enquanto dirigia, na sequência exata em que o disco foi lançado.

Como para mim é dificílimo escolher apenas uma de suas músicas, apresento aqui duas das minhas favoritas, Si Vieni e Si Va e Un Colpo all’Anima:

Também vale mostrar G Come Giungla, primeiro single de Made in Italy, novo álbum de Ligabue.

Ligabue fez um único show no Brasil, no início de 2015. E claro que os ingressos para a apresentação no Teatro Bradesco foram todos vendidos semanas antes, esgotando os 1200 lugares em tempo recorde.

Ligabue em São Paulo

Se a emoção de ver Ligabue de perto e ao vivo não fosse suficiente, o show foi fantástico, o que faz com que os fãs brasileiros aguardem ansiosamente seu retorno ao país, fato que infelizmente não deve acontecer em 2017, já que a agenda do cantor prevê shows na Itália e Europa para o próximo ano.

Giorgia

A carreira da romana que conquistou toda a Europa com seu talento, também teve início nos anos 90. Embaixadora da Unicef e ativista, participa de diversas causas humanitárias e de proteção dos animais. Conhecida como a Whitney Houston italiana por sua voz linda e potente, seu repertório é sofisticado, falando de amor e relacionamento.

Max Gazzè

Romano criado na Bélgica, Max Gazzè completa 20 anos de carreira em 2016 com um repertório cheio de composições próprias e clipes bem produzidos, como o bem humorado La Vita Com’è, um de seus trabalhos mais recentes.

Nina Zilli

Uma das maiores revelações da música italiana nos últimos anos, Maria Chiara Fraschetta – ou Nina Zilli – é a rainha do soul italiano.

Nina Zilli

Seu primeiro trabalho, 50milla, lançado em 2009 ganhou o mundo com o filme O Primeiro que Disse, vendendo mais de 210 mil cópias na Itália.

Comparada com Amy Winehouse por conta da voz e estilo, a italiana mostra que é muito mais que uma cópia e impõe personalidade em sua música, uma mistura de jazz, blues e reggae. Seu trabalho tem um resultado tão bom que é fácil deixar em looping o dia inteiro.

Gianluca Grignani

Mais um roqueiro dos anos 90 que continua firme e forte na carreira, lançando seu mais novo trabalho, Una Strada in Mezzo al Cielo nesse ano. O milanês que já vendeu mais de 4 milhões de cópias e teve uma de suas músicas, La Fabrica di Plastica, considerada pelos leitores da Rolling Stones como a representação do rock italiano.

Ah, vale dizer que La Mia Storia Tra Le Dita, música do artista gravada em 1994, deu origem a Quem de Nós Dois de Ana Carolina? Se sim, além da cantora, José Augusto também gravou a música, com o título Minha História.

Alessandra Amoroso

Vencedora da oitava edição do show de talentos Amici, Alessandra é uma das grandes revelações puglieses dos últimos tempos. A balada romântica Stupida, seu primeiro single pós-programa lançado em 2009, vendeu mais de 180 mil cópias e consolidou o nome da artista.

Alessandra Amoroso vence Amici

Além disso, o ano de 2016 tem sido especial para Alessandra: seu álbum Viveri a Colori foi o mais vendido na Itália no primeiro semestre. Comunque Andare, uma das canções desse trabalho, flerta com o pop eletrônico e traz positividade que Alessandra enxerga nesse momento.

A artista bateu em maio o recorde de dueto com mais pessoas já realizado. Dividindo os vocais em uma versão de dois minutos de sua música mais famosa com 19 fãs no programa E poi c’è Cattelan, Alessandra bateu o antigo recorde de 17 pessoas em um dueto e agora figura nos Livros dos Recordes.

Marco Rotelli

Um dos nomes da nova geração da música italiana, Marco tem apenas 23 anos e fez barulho com seu primeiro trabalho. Il Mio Domani, lançado no final de 2014 foi um sucesso e se tornou onipresente nos ouvidos dos italianos. Com formação clássica e conhecido por ser amigo de Miley Cyrus, o artista milanês é visto como uma das futuras estrelas da música italiana.

Marco Rotelli

O mais novo trabalho do artista é Ti Proteggerò e o clipe pode ser visto logo a seguir.

Malika Ayane

Fruto da mistura entre um marroquino e uma italiana, Malika iniciou sua carreira artística aos 11 anos, entrando no coro do Teatro alla Scala de Milão. Com sucesso no cenário erudito, participou de diversas montagens e óperas até ser convidada para lançar seu primeiro álbum em 2007, que vendeu 80 mil cópias.

Desde então coleciona sucessos, com 4 álbuns lançados que se mantém no top das rádios italianas, o que convenhamos chega a ser até fácil, já que sua música é bem gostosa.

Tiziano Ferro

Um dos principais cantores da música pop italiana, Tiziano largou a engenharia para se dedicar a música. Escolha certa já que Rosso Relativo, seu primeiro trabalho, foi lançado em mais de 43 países.

Com o sucesso na América Latina, seus cinco álbuns foram lançados também em espanhol, sendo que duas de suas músicas [Imbranato e Sere Nere] são conhecidas do público brasileiro por terem sido temas de novela da Globo.

Em 2010, com o aniversário de 30 anos, publicou o livro autobiográfico Trent’Anni e una Chiacchierata con Papà [Trinta Anos e uma Conversa com meu Pai, em tradução livre] onde conta um pouco de sua vida em meio a shows e problemas pessoais, como a bulimia e a dificuldade em se aceitar homossexual.

Um artista que encanta com suas letras românticas e seu estilo.

Vasco Rossi

Sim, estou falando da música contemporânea da Itália com um dos roqueiros de maior sucesso nos anos 80. Afinal Vasco Rossi continua a 100 por hora, seguindo com shows por toda a Itália com apresentações sempre lotadas. Sua voz rouca e marcante fazem dele um dos artistas mais celebrados do país.

Gostou do que ouviu? Procure mais desses artistas. Ah! Se acha que esqueci alguém ou quer comentar sobre algum deles, deixe sua opinião.

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.