O Pequeno Príncipe: 5 lições do livro que virou animação

Um personagem icônico, uma história cheia de inspiração e um autor que ganhou fama no mundo todo. Como adaptar tudo isso e criar algo novo, sem cair nos velhos clichês?

O que podemos dizer sobre “O Pequeno Príncipe” é que Mark Osborne, o diretor, conseguiu reinventar o clássico.

O lirismo lindamente exposto na obra de Saint-Exupéry também está presente na animação, mas sua verdadeira protagonista é uma garotinha.

Larissa Manoela faz a voz da Menina

A Pequena Garota, que aqui no Brasil ganhou voz através da querida Larissa Manoela, tem uma rotina regrada e com muitas responsabilidades, mas conhece o Aviador (dublado pelo ator Marcos Caruso), um homem cheio de histórias.

É através dos relatos do Aviador que a menina se depara com o universo encantando do Pequeno Príncipe, a Raposa, a Rosa e os outros personagens.

O Pequeno Príncipe e a raposa

Com acréscimos que garantem novas aventuras, o filme faz com que as crianças se divirtam e os adultos revisitem a própria infância.

A animação estreia hoje, 20/8, e a dica é tão simples quanto desenhar um carneiro: não perca!

Ah! Vale ficar por dentro de 5 lições do clássico que deveríamos levar para a vida. A essência das frases explica porque o morador do asteroide B612 continua encantando o mundo.

1ª Lição

O essencial é invisível aos olhos.

2ª Lição

Foi o tempo que perdeste com a tua rosa que a fez tão importante.

3ª Lição

Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz.

4ª Lição

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.

5ª Lição

Se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro.

E aí, vamos pro cinema?

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.