Personalize sua Coca-Cola!

As 10 coisas que mais amo em São Paulo

São Paulo. Terra da garoa que acontece hoje apenas 2 ou 3 vezes ao ano.

Nasci aqui. Cresci aqui. E, por mais absurdo que pareça, sou apaixonada por este lugar.

Acontece que São Paulo não é tão feio nem tão bonito. Tá em um meio termo entre Nova York e Bangladesh.

É uma cidade que abriga 5 países distintos em comportamento e personalidade em um só mapa: Leste, Oeste, Norte, Sul e Centro. E eu sou do Centro.

Ponte estaiada de São Paulo

Nasci e vivi a maior parte de minha vida na Bela Vista. E provavelmente este fator que me deixa mais apaixonada por SP.

Por isso, cito agora as 10 coisas que mais amo e sentirei saudade (provavelmente) quando sair daqui.

1 – Lá, a gente nunca precisar rodar a cidade para fazer pesquisa de preço.

Você quer comprar presentes? Vai pra 25 de março. Você quer comprar pratos, copos e artigos de decoração baratinho? Vai na Rua Valtier. Quer comprar coisas de noiva? Vai na Rua São Domingos. Quer comprar coisas de qualquer coisa? Sim, aqui vai ter uma rua com lojas que atendem a sua necessidade, uma do lado da outra para você não ter que rodar a cidade fazendo pesquisa de preço.

Compras na 25 de Março

Para eletrônicos tem a Rua Santa Efigênia. Para coisas de crianças a própria 25 de março cumpre essa função.

Descobri há pouco tempo que tem uma rua até para quem quer molduras de quadros.

2 – São Paulo é simplesmente o melhor centro gastronômico do mundo.

Para quem ama comer como eu, São Paulo é top! Eu sou apaixonada por culinária japonesa e aqui tem restaurantes japoneses bons em todos os bairros.

Das culinárias que já experimentei por aqui estão: mexicana, haitiana, peruana, indiana e por aí vai. Temos boas padarias. Aliás, as melhores. Temos casas específicas para sopas. Temos casas específicas para quem é vegan (ai que lindo). Aqui é simplesmente o melhor lugar do mundo para se comer o que quiser.

Restaurante Osaka no Itaim Bibi

E quanto as sorveterias? Sou fã da “Soroko” na Rua Augusta. Vou lá desde criança. Tem o famoso sorvete de rosas, e o sorvete de tapioca. Acabaram de abrir uma na Rua Major Quedinho que é incrível. Se chama Iguana Sorvetes e tem todos os tipos. Aliás, aqui foi o primeiro lugar que pegou as famosas Paletas Mexicanas.

Se você gosta de comer como eu, São Paulo é sim o melhor lugar do mundo para se morar.

3 – As melhores peças de teatro do Brasil em uma só cidade!

Conheço gente que mudou para São Paulo por causa de Teatro. Aqui tem casas de teatro a cada esquina e a cada bairro. Eu sou da Bela Vista e uma das vantagens de morar nesse bairro é ir a pé para a maior parte dos teatros bacanas.

Mas tirando o acesso de lado, é importante frisar que aqui em Sampa, temos peças para todos os gostos e bolsos. Desde as gratuitas de SESI, FIESP e Centros Culturais até as grandes produções de Broadway do Teatro Abril que virou Teatro Renault.

E se você quer ser ator, as escolas de teatro TOP são aqui também. Antunes Filho, Macunaima, USP, e até Wolf Maia que leva os melhores para a novela Malhação.

4 – O fato da cidade funcionar 24 horas por dia.

Inúmeras vezes terminei a jornada de trabalho depois das 22h e com fome fui procurar o que comer. E SEMPRE encontrei!

Se tem uma coisa que não falta em São Paulo é lugar pra comer a hora que você quiser. A cidade não para literalmente. A única coisa ruim é que metrô e ônibus tem horários limitados. Ou seja: se você não tem carro, esse benefício da cidade é fajuto!

Uma cidade aberta 24 horas

Isso também ajuda no caso de precisar de um remédio de madrugada, ou de um dentista, ou de pet shop, ou de revelação de fotos.

Parece estranho, mas São Paulo tem muita coisa que funciona 24 horas. Só o metrô que não. Lástima!

5 – Cultura de graça o ano inteiro.

Se tem uma coisa linda na cidade de São Paulo é a vidada cultural. Mas ela dura apenas 24 horas. Só que para quem mora em São Paulo, isso é o de menos. A cidade tem uma programação cultural gratuita o ano inteiro. Seja através dos SESCs, Fiesps, ou nos Parques (Ibira, Vila Lobos, Tietê), ou pelos festivais que acontecem o ano inteirinho.

Virada Cultural em São Paulo

O legal é que se você tem um gosto específico, com certeza em São Paulo você vai encontrar uma programação cultural de acordo com o que você gosta. Eu por exemplo, sou palhaça e sou viciada em programações circenses. Em sampa é o que não falta.

6 – O fato de quase não ter paulistanos.

Não é que não tenha paulistanos em São Paulo. Eu mesma sou paulistana. Mas é que São Paulo é uma terra que abriga todas as outras terras de braços abertos.

Eu amo que São Paulo tenha muitos nordestinos, porque eles são amor ao extremo. São pessoas que sabem abraçar, acolher, emprestar um copo de açúcar. E o fato de SP estar cheio deles, deixa a cidade ainda mais bonita.

Sem contar com os outros povos, de outros países até (Haiti, Angola, etc.). São Paulo é uma cidade de todos. Isso é top!

7 – E o metrô? O que falar do metrô?

O que falar do metrô, que mal conheço, mas considero pacas. Eu particularmente tenho um pé atrás com qualquer coisa que anda debaixo da terra.

Ando de metrô só em último caso. Pegar linha vermelha em horário de Pico, já fez parte da minha vida, em um passado que quero realmente esquecer. Mas vamos falar a verdade: o metrô de São Paulo é um dos melhores do mundo. Limpo, organizado, bem informado, com bastante linhas que percorrem quase toda a capital.

Metrô de São Paulo

Um defeito: política! Ela acaba com o metrô. Existe muita corrupção envolvida e se não fosse isso, São Paulo teria um metrô mais que perfeito.

8 – Ah, a Bela Vista…

Neste bairro morei praticamente minha vida toda. E tenho um grande orgulho de dizer que é um dos melhores lugares para se morar. É um bairro que tem de tudo: desde velhinhas que moram sozinhas porque a família blá blá blá…, muitos travestis, prostitutas, machistas autoritários, mães, vós, tios, sobrinhos, tudo em um mesmo prédio. Se você mora ou morou na BV, você sabe o que estou falando.

Sem contar que quem mora na Bela Vista, faz tudo a pé ou com apenas 1 condução, e sempre sem pegar muito transito, porque quem mora no Centro, pega o contra-fluxo pra tudo.

Tem um lado negativo: a poluição é pior. Não vamos falar nesse assunto, pra não estragar o post.

9 – Novidade. Sempre!

Fiquei mal acostumada com a cidade de São Paulo a sempre ter novidade, semana a semana. Sempre tem um restaurante novo pra ir, uma feira nova, um evento legal, uma modinha nova. São Paulo é o centro das novidades do Brasil. Se tem alguma coisa nova que surge em NY, SP já capta a ideia.

Dai, toda semana a gente quer fazer alguma coisa diferente. E no final a gente acaba sempre fazendo a mesma coisa, porque assim é a vida do paulista. uhahauhauha…

10 – Sotaque múltiplos de uma só terra.

O morador do Bairro da Mooca tem um sotaque, o do Bexiga tem outro, o da Liberdade fala japonês, o de Itaquera é mano! São Paulo parece mais um país, com tantas culturas diferentes.

Festa tradicional no bairro da Liberdade

O gerundismo da meninas secretárias da Paulista convive com o estrangeirismo dos executivos que convivem junto com o sotaque nordestino e o sotaque mineiro tudo igual, no mesmo canto, da mesma forma.

Enfim, São Paulo, te amo. Obrigada por cada pedaço de pastel de frango com catupiry!

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.