Personalize sua Coca-Cola!

Vovô Dobri e sua lição para a humanidade

Chamado de santo, eremita, anjo, mendigo e tantas outras formas, o bom velhinho Dobri Dobrev é uma personalidade nas ruas da Bulgária. Com 99 anos, continua dando aos outros seu único e mais precioso tesouro: a bondade.

 

Vovô Dobri [Diado Dobri], como é popularmente conhecido, perdeu sua audição durante a Segunda Guerra Mundial. Veste roupas feitas por ele mesmo e pede esmolas todos os dias. Mas diferentemente de outros pedintes que pensam apenas na própria sobrevivência, Dobrev o faz pelos outros.

Ele vive com uma pensão recebida de 80 euros por mês concedida pelo governo e viaja pela Bulgária arrecadando e doando dinheiro para mosteiros, igrejas e orfanatos desde o ano 2000.

Existe uma estimativa de que ele já arrecadou e doou mais de 40.000 euros. Em outros tempos, fazia trechos de até 25 quilômetros a pé em busca de doações, mas hoje, prestes a completar 100 anos, utiliza ônibus para essas viagens.

Dobrev nasceu em 20 de julho de 1914 na vila de Bajlovo e teve quatro filhos durante a vida, das quais duas sobrevivem e uma delas é responsável por cuidar do pai. Deixou sua casa para morar em um quarto da igreja de São Cirilo e São Metódio, e passou a ter uma vida sem qualquer luxo ou apego aos bens materiais.

Dobri Dobrev é respeitado por toda a cidade e já recebeu diversas homenagens. Segundo muitos, ele representa a bondade em seu estado mais puro.


Grafite em prédio búlgaro.


Arte de Marina Shiderov.


Arte de Miroslav Yotov.


Pintura em pedra de Primorsko.

Clique para compartilhar a história desse santo homem.

Comente

tags:

©2012-2019 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.