Personalize sua Coca-Cola!

Menina que sonhava com dragão de estimação tem sonho realizado por cientistas

A maior parte das crianças quer ter um bichinho de estimação. Os cachorros estão entre os favoritos de uma lista que inclui gatos, hamsters, passarinhos, peixes e até corujas.

Mas Sophie, de 7 anos, sempre sonhou com um outro tipo de bichinho: ela quer um dragão de estimação.

Após pedir inúmeras vezes ao pai, que dizia não ser possível encontrar um dragão para adotar, Sophie decidiu apelar aos cientistas: enviou uma carta à Organização de Pesquisa Industrial e Científica da Comunidade Britânica [CSIRO] pedindo aos cientistas se poderiam criar um dragão alado para ela.

“Olá querido cientista,

Meu nome é Sophie e tenho 7 anos. Meu pai me falou sobre os cientistas do CSIRO.

Seria possível você fazer um dragão para mim. Gostaria que você pudesse, mas se não conseguir, tudo bem.

Eu vou chamá-lo de Tootless [Sem Dentes] se for menina e se ele for menino, se chamará Stuart.

Gostaria de mantê-lo na minha área de grama verde, onde há muito espaço. Gostaria de alimentá-lo com peixe cru e colocar uma coleira nele. Se ele se machucar, irei enfaixar onde se machucou. E vou brincar com ele todo final de semana, quando não tenho aula.

Com carinho,

Sophie.”


A garota ainda anexou um desenho sugerindo como o dragão poderia ser.

A instituição, ao receber a carta, decidiu responder de forma sincera para a pequena Sophie [e para todo os cidadãos da Austrália], e o fez em seu site:

“Fazemos ciência desde 1926 e estamos muito orgulhosos de nossas conquistas. Nós colocamos células de polímero em sua carteira, repelente de insetos em seus braços e pernas e wi-fi em seus dispositivos. Mas nós perdemos algo.

Não existem dragões.

Nos últimos 87 anos não fomos capazes de criar um dragão ou um ovo de dragão. Do nosso telescópio avistamos o eastern bearded dragon [tipo de lagarto australiano], observamos dragonflies [libélulas] e até medimos a temperatura do malle dragon [outro lagarto australiano].

Mas nosso trabalho nunca se aventurou em dragões do tipo mítico, cuspidor de fogo.

E por isso, Austrália, nós sentimos muito.”

O texto segue dizendo que graças a Sophie, os cientistas começarão a pensar nas possibilidades de combustíveis de dragões e finaliza com uma ótima notícia para a menina: o CSIRO criou um dragão especialmente para Sophie através da impressão 3D. O vídeo dessa criação foi disponibilizado no canal do instituto e está a caminho da casa da garotinha.

A mãe de Sophie diz que a garota sempre foi sonhadora e apaixonada por dinossauros e dragões. A ideia de escrever para a CSIRO foi dada pelos pais, acreditando que os cientistas pudessem responder que tal criação seria impossível, mas não foi bem o que aconteceu.

004

E assim a menininha aguarda ansiosamente a chegada de Stuart, seu pequeno dragão azul.

Imagens: CSIRO

Comente

tags:

©2012-2020 - Eu te amo Hoje - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc. são de marcas registradas dos seus respectivos donos.